Especiarias Indianas

As ervas e condimentos

O emprego correto das especiarias indianas é de muita importância na culinária indiana, elas dão à comida, o sabor, o aroma, propriedades terapêuticas, fazendo com que a comida fique de fácil digestão

especiarias_clip_image002

especiarias_clip_image004

As principais especiarias indianas e suas propriedades

Açafrão (keshar): originário da região do mediterrâneo. É o estigma da flor do açafrão, uma especiaria muito cara, pois são necessárias 150 mil flores para se obter 1 kg do produto. De cor amarelo-alaranjado, tem sabor quente/picante e aroma muito agradável. Ajuda purificar o sangue controlar resfriado e alivia hemorroidas. Usado na preparação do arroz pilao e doces
especiarias_clip_image006

Alho (lahsun): usado no tratamento dos sistemas digestivo, respiratório, nervoso, reprodutivo e circulatório (purifica o sangue e reduz colesterol). É um poderoso afrodisíaco, estimulante e desintoxicante. Por ser bom para aumentar a produção de sêmen, tem um efeito sobre o sistema reprodutivo, não sendo recomendado para praticantes de ioga

Anis ou erva doce (sounf): sementes de cor verde clara e com aroma doce, estimulam a digestão e são usadas como refrescantes após as refeições. Regula a menstruação e alivia dores abdominais

Assa-fétida (hing): uma resina de cor amarela-marrom que tem um aroma muito forte. É um poderoso agente digestivo de qualidades tamasic que limpa a flora intestinal destruindo vermes. É um tempero indispensável na culinária indiana, que deve ser usado em pequenas quantidades

Cardamomo (ilaichi):

estimula a mente e o coração, dando claridade de visão e disposição física e mental. Regula a quantidade de ácido no estômago e ajuda a parar o vômito e a tosse. De qualidade satvic, desintoxica da cafeína do café e do chá. Há três tipos decardamomos, um de cor marrom forte, de tamanho maior e aroma forte, usado inteiro no arroz pilao os outros dois, de cor creme e verde, de tamanho menor e de aroma menos forte são usados nos doces e pratos de vegetais

especiarias_clip_image008

Canela em pau (dalchini): regula a circulação do sangue, as atividades dos aparelhos digestivo e respiratório e dos rins. Usado no tratamento de dor de dentes, tensão muscular, dores de garganta, sinusite, laringite, etc. É um bom expectorante, analgésico e desintoxicante

Coentro (dhaniya): usado para anormalidades do pitta. O suco é um remédio formidável para febre, alergias, gases, indigestão, náuseas, vômitos, desordem da pele, etc. As folhas verdes são usadas na cozinha e também para guarnição. As sementes na forma integral ou em pó são usadas para fazer curry, massalas e para temperar diversos pratos

Cominho (jira): é bom para o tratamento da diarreia, disenteria, dores do abdômen, etc. Quando tostado ou frito, levemente no óleo, exala mais aroma. As sementes na forma integral ou em pó são usadas frequentemente na cozinha indiana. Uma pitada do cominho em pó e sal a gosto, polvilhado em cima de uma xícara de chá de iogurte, é uma receita deliciosa
especiarias_clip_image010

Cravo da índia (loung):

produto da flor de cravoária, moderadamente afrodisíaco, estimula as atividades do estômago e promove a digestão, eficaz nos resfriados asmáticos, rejuvenescedor, purificando o sangue. O óleo de cravo é usado como poderoso analgésico e alivia a dor de dente. Integral ou em pó é usado nos diversos pratos e como tempero

especiarias_clip_image012

Cúrcuma ou açafrão da terra (haldi): também chamado de açafrão da índia ou gengibre dourado. especiarias indiana é uma raiz de cor amarelo brilhante. A raiz fresca em pedaços ou em pequenas tiras, junto com sal e suco de limão é usada para fazer picles. O pó é de uso muito comum em todos os pratos refogados e de vegetais. Antibiótico natural, melhora a digestão e desenvolve a flora intestinal. Purifica o sangue e estimula a formação de novas células. Segundo os hatha iogues, purifica os canais dos chakras, promovendo correção do metabolismo seja excessivo ou deficiente. É usado no tratamento de embelezamento da pele

especiarias_clip_image014

Curry patta (meetha neem): folhas de forte aroma da árvore neem, proporcionam aroma e sabor muito peculiar. São muito usadas na culinária indiana especialmente no sul da índia. As folhas são separadas na hora de comer e não são ingeridas

especiarias_clip_image016

Feno-grego (methi): ajuda a sanar as debilidades do sistema respiratório e seminal, indigestão, hipo-função do fígado, problemas gástricos, controle da pressão sanguínea e é antiflamatório. As sementes são usadas inteiras ou em forma de pó nas massalas/ temperos, as folhas são usadas com as farinhas para fazer pães e saladas

Gengibre (adrak): é um bom expectorante, analgésico, estimulante e causa suor. Usado no tratamento da gripe, indigestão, vômito, dores abdominais, hemorroidas, doenças do coração, dor de cabeça, etc. É fartamente usado na cozinha indiana como tempero, quando seco é chamado de “sounth” e usado para fazer temperos para chá

Hortelã (pudina): uma erva muito aromática e de propriedades medicinais, especialmente para dores abdominais e gastrite. Muito usada para fazer chutneys, saladas e guarnição

Manjericão (tulsi):

tem muitas propriedades medicinais, especialmente para febre e doenças originadas pelo frio. O tulsi é uma planta sagrada dos hindus. As folhas tenras são usadas para guarnição e para fazer o chá

especiarias_clip_image018

Noz-moscada (jaifal): utilizada no tratamento de impotência, ejaculação precoce, absorção intestinal, insônia, etc. É um ótimo calmante, alivia a contração muscular especialmente do abdômen

Mostarda (rai e sarsõ): muito usada para temperar os refogados e nos picles. Tem propriedades analgésicas, alivia a congestão e neutraliza as toxinas. A hortaliça é usada para fazer refogado. O “chapati” (uma variedade de pão indiano) e sarsõ sabji (vegetal) é o prato favorito da região norte da índia, onde o óleo também é usado na cozinha. O óleo da mostarda é muito usado para massagens e bom para pele, alivia problemas musculares

Pimenta (mirch): ajuda a suar e no país quente como a índia é ótimo para limpeza interna do corpo, por isso os indianos usam muita pimenta na comida. Os ocidentais geralmente sofrem na índia por não ter comida sem pimenta. Existem vários tipos de pimentas, desde a mais fraca até a mais forte, quase todas são usadas verdes ou vermelhas maduras. No verão as pimentas são postas no sol para secar e moída para serem usadas fora de época

Pimenta do reino (kali mirch): poderoso estimulante digestivo. Antídoto para excesso de saladas. Destrói toxinas e ajuda a digestão. Usado no tratamento de sinusite, resfriado, dores de cabeça, constipação, gases, perda de apetite, etc. As sementes verdes são usadas nos picles.
Água de rosa (gulab jal): a água destilada das pétalas de rosa ou na forma mais concentrada, a essência de rosa, é usada para aromatizar certos doces e no preparo de refrescos. As pétalas são usadas para guarnição/decoração e também para fazer deliciosa marmelada (gulkand)

Tamarindo (imli): uma das especiarias indianas boa para o sistema urinário e coração. A polpa de tamarindo é muito usada para fazer chutneys e molhos. A fruta de sabor azedo, depois de retiradas as sementes, é colocada nas receitas de lentilhas (dal) e de vários vegetais. Essa é uma das especiarias indianas usada também para fazer refrescos muito gostosos principalmente na época de calor.

especiarias_clip_image020